Um acordo estabelecido esta semana entre a EDP e a Câmara de Águeda vai permitir a substituição de “pelo menos” 2.400 luminárias no município por tecnologia LED. A autarquia antecipa uma poupança anual de 39 mil euros.

Com base no protocolo firmado, a EDP vai avançar com a substituição faseada das luminárias, sendo que, até final de 2021, serão colocadas pelo menos 2.400 luminárias com tecnologia LED em todo o concelho de Águeda (mil ainda este ano e 1.400 no decorrer do próximo).

Segundo apontou a EDP, a operação “proporcionará uma redução significativa dos consumos de eletricidade com a iluminação pública”, que se refletirá na diminuição dos custos do Município com a mesma. “Mantendo os níveis de iluminação existentes, implicará uma poupança anual correspondente a cerca de 39 mil euros e uma redução de emissões de CO2 de cerca de 86,5 toneladas, poupança essa que se repetirá anualmente” – calcula a EDP.

Para os anos seguintes será expectável, segundo o acordo estabelecido, a continuação da substituição de luminárias, em quantidades anuais que serão dependentes dos planos de investimento futuro da EDP Distribuição e tendo em atenção o quadro regulatório definido pela ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos).

“Este é um acordo importante que permite ao Município não só reduzir substancialmente a emissão de CO2 como poupar na fatura de eletricidade anual”, realçou Jorge Almeida, presidente da Câmara Municipal de Águeda, acrescentando que esta alteração será feita “de uma forma faseada e concertada” nas várias freguesias.

FOTO DE TOPO – Assinatura do acordo entre a EDP e o Município de Águeda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *