O elenco para o espetáculo Águeda Vintage, que tem estreia marcada para o próximo mês de outubro no Centro de Artes de Águeda, esteve durante o fim-de-semana na primeira residência artística na Casa do Adro, num processo de criação de dramatúrgica e de arranjos musicais assentes na obra de autores aguedenses que marcaram o panorama artístico do final do século XIX e primeira metade do século XX em Águeda.

Este elenco é constituído por um grupo de músicos e atores profissionais aguedenses e está a ser dirigido pelo dramaturgo e encenador José Rui Martins. Conta com a direção musical de Artur Fernandes e com um grupo de jovens aguedenses estudantes de música.

“Águeda Vintage” é um projeto assente num trabalho de pesquisa e recolha documental, para a criação de um acervo de partituras, guiões, textos dramatúrgicos, gravações e demais materiais relativos à produção criativa de autores aguedenses, nas áreas da música, poesia e dramaturgia, que tiveram relevo na atividade cultural portuguesa daquele período.

Águeda Vintage na primeira residência artística
Águeda Vintage na primeira residência artística

Dos trabalhos de pesquisa realizados pelo mentor e diretor artístico do projeto, Rogério Fernandes, foram já identificadas obras e documentos originais ou editados de dramaturgos como Fernando Caldeira (1841-1894), Adolfo Portela (1866-1923), António Homem de Mello (1868-1947), Armando Castella (1881-1971), Fernão Côrte-Real (1885-1950) e Serafim Soares da Graça (1897-1970) – alguns destes são simultaneamente autores das músicas e poemas integrantes das obras -, bem como dos compositores Querubim António de Assis (1865-1925), Godofredo Duarte (1891-1976), José Pedro Soares de Melo (1900-1963) e José Soares da Costa (1900-1963) e ainda dos poetas Joaquim Rodrigues Davim (1869-1947) e Pedro Homem de Mello (1904-1939).

Alguns destes autores têm visto as suas obras editadas e apresentadas em salas de espetáculo ou utilizadas no reportório de artistas de referência até aos dias de hoje.

Rogério Fernandes, mentor da iniciativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *