Os números avançados pela autarquia aguedense dizem respeito ao período compreendido entre 25 de Setembro 2008 a 1 de Janeiro de 2009. “Considerando que é aconselhável praticar geocaching na companhia de amigos ou família, podemos concluir que os registos feitos no website equivalem, no mínimo, à presença de 1200 pessoas no concelho de Águeda durante esse período”, refere nota da Câmara.

Ainda de acordo com fonte da autarquia, cerca de 83,3% das pessoas ou grupos de pessoas que se registaram no sítio-e internacional e que foram até aos locais das caches CMAGUEDA, têm uma proveniência maioritariamente do norte e centro de Portugal, nomeadamente: Aveiro, Águeda, Oliveira de Azeméis, Ovar, Porto, Braga e Viseu. Os restantes 16,7% correspondem aos registos efectuados cuja proveniência dos praticantes não foi possível determinar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.