O presidente da Câmara de Anadia, Litério Marques, manifestou-se preocupado e revoltado com a possível transferência para Viseu de uma Central de Biomassa Florestal que, segundo a autarquia, já estava licenciada para o seu município. Em causa está uma central com uma potência de cinco megawatts prevista para a Zona Industrial de Alféolas, da responsabilidade da empresa Nutroton Energias.

A empresa é presidida por Marques Mendes, que em Junho anunciou em declarações ao portal Ambiente Online uma alteração ao projecto inicial fundindo as centrais projectadas para Viseu e Anadia numa só. Litério Marques diz que não foi informado oficialmente da decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.