“Não iremos alterar o procedimento que temos vindo a adoptar”, respondeu o presidente da Câmara de Águeda, na última reunião de Câmara, explicando que a autarquia municipal apoia os corsos se estiverem disponíveis para realizá-los um dia na cidade e outro na freguesia.

A questão do apoio municipal aos corsos de Carnaval realizados nas freguesias foi levantada por Brito Salvador (PSD), que lembrou “a tradição do Carnaval de Fermentelos”.

Gil Nadais contra-argumentou, dizendo que a “ideia é fazer um grande Carnaval na cidade”.

Jacinta Almeida, do PSD, juntou-se à discussão, para lembrar que “a génese do Carnaval não está em Águeda”.

“Não estou a dizer que não apoiamos, mas o apoio tem que ter regras”, afirmou Gil Nadais. “Não estou a dizer que se acabe com o Carnaval nas freguesias, o que estou a dizer é para que seja realizado num dia na cidade e no outro nas freguesias”, frisou o presidente da autarquia.

(informação completa na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.