A 41.ª edição do GP Abimota parte de Fátima no sábado (11h50) e chega domingo a Águeda (16h50), ligando a primeira etapa a Vouzela e partindo a segunda etapa de Anadia. No domingo, além do percurso tradicional pelas praias, haverá subidas decisivas em Sever do Vouga e Talhadas para o pelotão mais numeroso de sempre.

A extensa primeira etapa tem 197,3 kms e liga Fátima a Vouzela. A fase inicial corre-se no concelho de Ourém, ao qual pertence Fátima, sendo que a aproximação a Vouzela faz-se por Lousã, Vila Nova de Poiares, barragem da Aguieira (15h16), Lomba, Felgueira (Mortágua), Campo de Besteiros, Paranho de Besteiros, Vasconha e Fataunços, com a meta final no empedrado junto à Câmara Municipal (16h48).

A segunda etapa, do domingo, deverá começar a decidir-se nas subidas de Sever do Vouga (desde o Poço de Santiago) e Talhadas (desde a ponte da EN16 sobre o Rio Vouga), havendo ainda uma terceira meta de montanha em Belazaima do Chão na aproximação à meta final. Os ciclistas partem do complexo desportivo de Anadia (12h50) e passam por São Lourenço do Bairro, Vilarinho do Bairro, Mira (13h38), Barra de Mira, Areão, Vagueira (14h), Costa Nova (14h13), centro da Gafanha da Nazaré, Ílhavo (14h32), Aveiro, Cacia (14h46), Sobreiro (meta autarquias, 15h03), Valmaior, Poço de Santiago (15h26), Sever do Vouga (15h32), Paradela, Talhadas (15h49), Assequins, Bolfiar, Redonda, Belazaima do Chão (16h30), Casarão e sede da Abimota, Sardão, EN333, rotunda de Assequins e entrada na avenida 25 de Abril (16h50) para a meta final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *