A promoção dos direitos das crianças foi o tema de uma reunião da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Águeda (CPCJA), realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal.

O jurista Paulo Macedo fez um enquadramento jurídico do tema abordado, partindo da assinatura da convenção dos direitos das crianças, há 19 anos. “Hoje temos de ter um olhar diferente para com elas, pois já não são um objecto das nossas acções mas passam a ser um sujeito”.  

O segundo painel, “factores de riscos/factores de protecção”, foi guiado pela psicóloga Maria do Céu Costa que, de forma motivante e esclarecedora, recorreu às histórias de infância, conhecidas por todos os presentes, para explicar o tema principal.

Numa plateia constituída maioritariamente por profissionais ligados à educação e a área social, entre outras, acentuou-se a importância que desempenham para a protecção destas “pessoas do futuro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.