O novo ano lectivo vai arrancar entre os dias 10 e 15 de Setembro, em princípio sem problemas de maior. A excepção verifica-se na Escola Secundária Marques de Castilho, cujas obras trazem problemas acrescidos.

Para além desta, a Escola Fernando Caldeira vai entrar em obras no decorrer do ano lectivo, transformando-a no Centro Educativo de Águeda, reunindo assim os 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico (como o RA já noticiou). As obras, que estavam para se iniciar em Junho último, vão obrigar a adaptações, ainda não totalmente conhecidas, a partir de Dezembro.

Borralha e Recardães são outras escolas que sofrerão obras de requalificação.

Entretanto, as escolas do município respondem à ameaça da Gripe A com planos de contingência, de acordo com regras emanadas pela Direcção-Geral de Saúde. Porém, na ronda efectuada pelo RA – dando assim conta das principais novidades e preocupações -, a problemática do momento é vivida de diferentes formas pelos respectivos responsáveis.

(informação completa na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.