Jornada 24 da I divisão: Águeda vence (2-1) Mourisquense; LAAC não consegue melhor que empate (0-0 na recepção ao São Roque); Fermentelos batido (0-3) em Bustelo.

Com 11 pontos conquistados nos últimos cinco jogos (em 15 possíveis), o Recreio de Águeda tem recuperado na classificação após a desastrada exibição em Fermentelos. Obteve, por exemplo, metade das vitórias conseguidas até ao momento, marcando em todos os jogos (oito golos) e sofrendo apenas três golos.

Se juntarmos a esta breve análise a pontuação contabilizada no final da primeira volta (15 pontos em 17 jogos), o Águeda conseguiu nos sete jogos desta segunda volta apenas menos um ponto, pois já somou 14 ao seu pecúlio anterior.

Próximo deste rendimento está também o Fermentelos (13 pontos em sete jogos da segunda volta, contra 16 nos 17 da primeira), bastante acima de uma LAAC que empata muito mas quase não ganha (9 pontos somados aos 15 da primeira volta) e principalmente de um Mourisquense menos produtivo (apenas 8 pontos nos sete jogos da segunda volta, após 24 observados até à 17ª jornada).

A LAAC começa a ficar numa situação preocupante mas tem, no jogo do próximo domingo em Mourisca do Vouga, uma cartada praticamente decisiva para evitar atrasar-se de forma irremediável. Do mesmo modo, o Mourisquense terá de acautelar o seu futuro: se a sua posição actual é a mais desafogada não deixa de ser curta a sua vantagem pontual, principalmente tendo em conta que devem ser despromovidas várias equipas (três? quatro?) da III nacional.

(informação completa na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.