Apesar das dificuldades associadas ao valor dos adversários – defrontaram quatro dos cinco primeiros classificados -, Fermentelos, Recreio de Águeda, Mourisquense e LAAC deram respostas muito positivas, perspectivando uma recta final de campeonato propícia para que se afastem dos lugares mais aflitivos da tabela classificativa.

Os fermentelenses foram os únicos a ganhar, aproveitando o factor casa, mas os restantes três clubes foram empatar aos campos dos adversários. O líder Alba, e principal candidato, manteve os dois pontos de vantagem sobre o Bustelo, que também não foi capaz de ganhar em Castelo de Paiva; enquanto o Gafanha se mantém assim a seis pontos do primeiro lugar.

Na verdade, nenhum dos sete primeiros classificados venceu na jornada do último sábado, já que o Pessegueirense foi derrotado no seu terreno ante o União de Lamas.

Teoricamente com uma próxima jornada mais acessível – a LAAC, que recebe o Alba, é excepção – ver-se-á se as equipas de Águeda mantêm as boas prestações perante adversários do “mesmo campeonato”, o da sobrevivência no escalão: o Fermentelos em Lobão, o Mourisquense em Oliveirinha e o Águeda em casa com o Paços de Brandão.

II distrital: O Macinhatense, líder da série B, folga, enquanto o Valonguense recebe o NEGE no domingo. Para a série C, a BARC recebe o Troviscalense, enquanto o líder Oiã folga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.