“Somos um concelho disperso e temos de pagar essa factura, e ainda temos uma rede em más condições”, justificou Gil Nadais, presidente da Câmara Municipal de Águeda, a posição da autarquia sobre a adesão à nova empresa Águas da Região de Aveiro.

“O nosso sistema está nos limites dos limites”, reforçou o autarca, para adiantar que “se as pessoas de Aguada de Cima quisessem ligar-se agora à rede nós não tínhamos água para lhes vender”.

Gil Nadais referiu, durante a última Assembleia Municipal, que “esta pode não ser a solução ideal mas desconheço outra que melhor sirva os interesses do município e dos munícipes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.