O guarda-redes David Gonçalves (LAAC) é o menos batido dos oito jogadores da posição que já alinharam pelas quatro equipas do município de Águeda que competem na I divisão distrital. Sofreu apenas três golos em 405 minutos, apesar da sua equipa estar entre os últimos classificados.

Fernando (Recreio de Águeda), com 10 golos sofridos em 810 minutos, e Campos (Recreio de Águeda), com 11 em 630 minutos, surgem nas posições imediatas.

O mais batido é Paulo Ricardo (Mourisquense), o único totalista, com 23 golos sofridos em 1620 minutos.

(tabela na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.