O PS reuniu na noite de ontem, terça-feira, para tomar conhecimento da demissão do actual presidente da concelhia, José Vidal, que iria apresentar o pedido na reunião, que serviria ainda para decidir sobre a futura liderança do partido em Águeda.

Confrontado pelo RA, José Vidal confirmou que iria apresentar a sua demissão, justificando-a com “razões de ordem pessoal”.

Na reunião, os socialistas iriam decidir ainda se vão ser marcadas eleições ou se o lugar de José Vidal será ocupado pelo número dois da estrutura, Edson Santos, chefe de gabinete da presidência da Câmara de Águeda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.