A Assembleia de Freguesia de Aguada de Cima aprovou, com uma abstenção, a proposta da Junta de Freguesia de contrair um empréstimo no valor de 6.600 euros, de curto prazo, para “poder pagar aos seus fornecedores, cuja dívida actualmente ascende a 39 mil euros”.

De acordo com a autarquia local, “com o empréstimo aventado, juntamente com o saldo em caixa da Junta, já se poderá honrar com os compromissos mais imediatos. O restante será pago quando a Câmara de Águeda efectuar nova transferência de verbas, o que se estima que seja já no próximo mês”, refere a Junta de Aguada de Cima, para quem esta operação “não se trata de nenhum desequilíbrio nas contas, apenas e essencialmente de manifestar a vontade de mais rapidamente pagar aos fornecedores que colaboram com a Junta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.