O concurso público para a construção da Ecopista do Vouga, que ligará os lugares de Foz (no limite do concelho de Albergaria-a-Velha com o de Sever do Vouga) e Sernada do Vouga (no concelho de Águeda) acaba de ser lançado pela Câmara Municipal de Águeda, com o preço base de 158.866,83 euros.

O projeto assegura a ligação do complexo ferroviário de Sernada do Vouga à ecopista do Vouga e depois até à ecopista do Dão. O troço que agora vai ser construído vai aproveitar algum do traçado existente da antiga linha férrea de ligação entre Sernada do Vouga e Viseu que se encontra em terra batida e brita.

A empreitada tem a extensão de 4.628 metros, dos quais 900 metros se situam em Albergaria-a-Velha, pelo que foi estabelecido um acordo entre os municípios de Águeda e de Albergaria-a-Velha, como o Região de Águeda já noticiou. Tem um prazo de execução de 120 dias e será cofinanciada pelo Turismo de Portugal, através da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, a uma taxa de 70% sobre o custo elegível aprovado na candidatura, que é de 151.368,33 euros.

A ecopista do Vouga até Viseu tem depois continuidade pela linha do Dão até Santa Comba Dão
A ecopista do Vouga até Viseu tem depois continuidade pela linha do Dão até Santa Comba Dão

Esta candidatura está integrada no “Projeto de infraestruturação, monitorização e gestão integrada dos traçados estruturantes da Grande Rota da Ria de Aveiro – Ecopista do Vouga”, para o qual foi celebrado um protocolo de cooperação envolvendo a Turismo Centro de Portugal, a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e os Municípios de Águeda, Aveiro, Murtosa e Ovar.

Quando concluída, a ecopista do Vouga ligará Sernada do Vouga a Santa Comba Dão, pelo municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Oliveira de Frades, Vouzela, São Pedro do Sul, Viseu, Tondela e Santa Comba Dão.

Pelo acordo entre os municípios de Águeda e de Albergaria-a-Velha caberá a este último suportar as despesas inerentes à execução dos trabalhos não cofinanciados na extensão de 900 metros lineares da ecopista situados na sua área territorial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *