O Museu Etnográfico da Região do Vouga e a sede do Grupo Folclórico da Região do Vouga encontram-se em obras. A remoção de todo o telhado, o tratamento das paredes, o melhoramento e a reorganização de algumas salas do museu, vão contribuir para preservação do seu espólio, afirmando-se cada vez mais como expoente máximo na preservação e divulgação da nossa cultura.

As obras tiveram início na passada semana, após a direcção ter sido aconselhada por técnicos a avançar com as obras o quanto antes, sob risco do telhado ruir, devido às sucessivas infiltrações de água, que dão origem a muita humidade no interior, o que põe em risco o património depositado no Museu Etnográfico.

O Grupo Folclórico da Região do Vouga, a sua direcção e amigos, estão totalmente empenhados nesta nova fase do museu, tendo sempre presente a importância deste património, defendendo a ideia de que os museus devem ser encarados não como sinónimo de velharia, mas sim como sinónimo de cultura. É necessário, se não urgente, dar continuidade à recolha e à preservação dos mais diversos motivos das gerações de antanho. A obra ascende aos 70.000 euros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.