A falta de condições e a deficiente colocação do posto da GNR em Arrancada do Vouga, freguesia de Valongo do Vouga, foi abordada na última reunião do executivo municipal de Águeda.

António Tondela, vereador do PSD, confirmou a existência de situações de insegurança a norte do concelho, apesar da proximidade com uma unidade da GNR. “Valongo precisa de um novo posto, o actual não tem condições e está muito mal colocado: basta alguém atravessar um carro na via de acesso ao posto para a GNR não poder sair com a celeridade que muitas vezes é pedida”, anotou, para dizer que os movimentos das forças policiais são facilmente controlados pelos autores dos crimes.

Jorge Almeida, vice-presidente da Câmara, concordou com a “péssima localização” e as “más condições” do posto de Arrancada, mas não deixou de colocar o ónus do processo no presidente da Junta de Freguesia de Valongo do Vouga. “Ele disponibilizou um terreno para o novo posto e deve fazê-lo agora de facto, colocando-o à disposição para que a Câmara faça pressão junto da tutela. Não há nada como o terreno aparecer!”

(informação completa na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.