Hermínia Pereira é uma das 86 pessoas que um dia decidiram adoptar uma criança angolana. O projecto “Adopção Virtual”, do Grupo de Acção Missionária de Águeda, arrancou em 2003 com grande adesão, contando hoje com 11 “baixas” devido a constrangimentos financeiros por parte de pais adoptivos que se viram obrigados a deixar de dar o seu apoio.

O projecto nasceu no âmbito da geminação entre as paróquias de Santana (Luanda) e Águeda.

(reportagem na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.