O vereador do PSD, Bruto Salvador, sugeriu ao presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, que solicite uma inspecção à IGAL – Inspecção-geral da Administração Local – aos serviços da autarquia por causa das transferências indevidas que foram efectuadas aos funcionários.

Entretanto, o grupo municipal do PSD na Assembleia Municipal de Águeda requereu uma sessão extraordinária ao presidente deste órgão, com dois pontos na agenda: análise e discussão de pagamentos ou transferências indevidos a funcionários da autaqruia e ponto da situação da Carta Educativa do concelho de Águeda.

(informação completa na edição impressa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.