A edição da semana do Região de Águeda insere um trabalho de três páginas sobre o regresso à escola nos estabelecimentos de ensino do município de Águeda.

Em ano atípico, quisemos saber que medidas estão a ser tomadas pelas escolas para fazer face ao surto pandémico e à necessária segurança dos vários membros da comunidade educativa.

Dando sequência às entrevistas tendo as próximas eleições autárquicas como horizonte, o Região de Águeda publica uma entrevista com Pedro Vidal, líder da comissão política concelhia do CDS. “Há gente, hoje, a trabalhar na Câmara Municipal que na altura das eleições não estava, e a partir do momento em que integrou a lista do Juntos passou a trabalhar”, acusa o dirigente, também presidente de uma União de Freguesias. “Não fui eleito para entrar mudo e sair calado, como muitos fazem”, afirmou, a propósito.

Em Fermentelos foi inaugurada a nova relva sintética e a iluminação do parque desportivo Constantino Marques Duarte, ocasião assinalada com uma exibição prometedora dos locais no empate (1-1) com os sub23 da Académica de Coimbra.

O Região de Águeda entrevistou Mara Nunes, artista aguedense radicada em Londres. Mara Nunes, de Macinhata do Vouga, editou o seu segundo single e vai atuar em dezembro no Centro de Artes de Águeda, como o Região de Águeda noticiou na edição da semana anterior.

A situação epidemiológica com a covid-19 em Águeda e o prémio recebido pela ABIMOTA pela sua intervenção em favor da produção de bicicletas em Portugal são outros dois temas destacados com chamadas na primeira página do Região de Águeda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *