O Região de Águeda revela, na edição desta semana, que a central de betão que chegou a estar prevista para o parque empresarial do Casarão está a ser instalada em Avelãs de Caminho.

A instalação da empresa acabou por ser vetada em Águeda, já depois de trabalhos no terreno, decorrendo um processo judicial entre a Socibeiral e a Câmara Municipal. A unidade surge agora no vizinho concelho de Anadia e na ainda mais vizinha freguesia de Avelãs de Caminho.

Na sequência das entrevistas políticas tendo como horizonte as próximas eleições autárquicas, o Região de Águeda falou com Antero Almeida. O único vereador do PSD no executivo municipal de Águeda considera que “a crispação é resultado da cisão que o Juntos fez no PS”. Não enjeita a possibilidade de ser o candidato do PSD e considera que Gil Nadais não pode ser visto como a salvação do partido.

A edição do Região de Águeda destaca ainda conteúdos referentes a Aguada de Cima (o centenário de Ester Batista), a Fermentelos (a experiência de pai e filha que pedalaram os 738kms da Nacional 2 entre Chaves e Faro), ao limite das fronteiras das freguesias de Lamas e Macinhata do Vouga (um abaixo assinado para reabilitar ponte da ex-EN1) e a Recardães (homem detido por tráfico de droga).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *