A edição do Região de Águeda destaca o boicote eleitoral que a população de Belazaima do Chão protagonizou em defesa do médico que falta há mais de um ano na extensão de saúde.

Região de Águeda, edição de 26 de janeiro de 2021
Região de Águeda, edição de 26 de janeiro de 2021

Este facto pesou no normal funcionamento das eleições presidenciais de domingo no município de Águeda. Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito e também o mais votado em Águeda, com menos votos que há cinco anos mas com percentagem mais elevada. A abstenção redundou num novo máximo, agora de 60,33%.

Outro dos destaques vai para Maria da Conceição, antiga professora e dirigente em Macinhata do Vouga, sendo sócia fundadora número um da AMAR. E foi nesta IPSS que festejou os seus 100 anos de vida.

O Conservatório de Música de Águeda assinala os 26 anos e o seu presidente, Comendador Augusto Gonçalves, concedeu uma entrevista ao Região de Águeda. Fala dos 69 antigos alunos que são hoje músicos de grandes orquestras ou institutos, das implicações da pandemia e no regresso da atividade à Casa do Adro, agora remodelada.

A covid-19 não dá tréguas e o Região de Águeda dá conta das últimas novidades em Águeda, com novos máximos diários.

O Região de Águeda publica ainda uma entrevista com o novo presidente do CASAS de Segadães e escutou a opinião de três dirigentes de outros tantos clubes de futebol do concelho – Fermentelos, Valonguense e Mourisquense – sobre o reflexo da pandemia nestas associações e como perspetivam o futuro imediato.

A edição semanal do região de Águeda está disponível nas versões e-paper e impressa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *