Santos, avançado do Fermentelos, continua a ser o melhor marcador das equipas do concelho de Águeda que disputam o campeonato distrital da I divisão. Segue-se Tiago Moura (Valonguense) com sete, Rebelo (LAAC) com quatro e Coelho (BARC) com três.

A lista conta com 22 marcadores das quatro equipas: quatro do Fermentelos, seis do Valonguense, quatro da LAAC e oito da BARC.

A LAAC tem o pior ataque (9 golos marcados) e o Estarreja o melhor (28). Pelo meio, o Fermentelos e a BARC têm 13 golos marcados e o Valonguense 16.

A nível defensivo, a BARC é a equipa mais batida nas 12 primeiras jornadas da prova, com 30 golos (média de dois golos e meio por jogo). O Pessegueirense é agora a equipa menos batida, enquanto a LAAC tem 12 golos (era a menos batida antes de ir a Estarreja), o Fermentelos 16 e o Valonguense 17.

Almeida (BARC) e Márcio (Fermentelos) são os únicos guarda-redes totalistas (1080 minutos) nas equipas do concelho de Águeda, com 30 e 16 golos sofridos.

Valonguense e LAAC já utilizaram dois guarda-redes. Nos ‘canarinhos’, Marco defendeu 748 minutos e sofreu 13 golos e Noronha jogou 332 minutos tendo sofrido 4 golos. Nos ‘aguadenses’, Né e Nuno sofreram 6 golos cada mas o primeiro jogou 360 minutos e o segundo 720.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.