Recorda-se dos dias em que colocava alarmes para garantir que não perderia nenhum dos seus programas de televisão favoritos? Ou que tal o facto de ter de esperar uma semana inteira antes de poder assistir um novo episódio?

Atualmente, estes longos períodos de espera são coisas do passado. As pessoaspodem escolher ver a totalidade de uma série de uma vez só, porque os serviços de streaming tomaram conta das suas vidas.

Os filmes e séries de televisão que estão disponíveis para assistir online através de plataformas de streaming são mais do que simples entretenimento, tornaram-se parte integrante da vida quotidiana. Além disso, não se resume só a televisão, séries ou filmes, até o mundo do gaming é transmitido exatamente como se fosse uma série.

Vejamos alguns dos pontos que tornam esta realidade, “real”.

Liberdade de escolha

As plataformas de streaming estão repletas de uma grande variedade de conteúdos, que podem ser encontrados organizados sob uma variedade de géneros, algo que facilita a vida dos espetados que buscam por aqueles que mais os atraem.

No entanto, caso não gostem, têm a opção de saltar as secções que não atraem ou selecionar um género mais ao seu gosto.

Avançar e retroceder, sem esperar

As pessoas que vivem na era dos 5G têm a necessidade de manter tudo sob controlo.

Neste caso, têm a opção de assistir a um segmento de um episódio desde o início até ao fim ou de saltar sobre pedaços desinteressantes.

Por outro lado, há uma audiência central que está mais interessada no consumo de conteúdo de ritmo rápido.

As plataformas de streaming são peritas nisto. Face às opções disponíveis, à distância de um clique até os minutos finais podem chegar rápido.

A era das mil plataformas 

Atualmente, parece que a cada dois dias é introduzida uma nova plataforma de streaming. Aliás, recentemente chegou outro serviço a Portugal como o caso da SkyShowtime.

Por outro lado, este tipo de serviços também mostra que as empresas de meios de comunicação tradicionais têm de se reinventar e enriquecer os seus conteúdos.

Além disso, esta tendência só tem a aumentar. Isto porque o facto de terem a tecnologia por trás, só isso, já prevê atualizações constantes, com mais e melhores funcionalidades.

Tecnologias utilizadas por detrás de diferentes plataformas de streaming

Cada plataforma de streaming consegue fornecer rapidamente conteúdos de alta definição e em alta resolução.

A transmissão de uma variedade de formatos de ficheiro é possível graças às capacidades de codificação.

Além disso, certas tecnologias foram desenvolvidas especificamente para melhorar a conectividade e facilitar a entrega dos conteúdos on time, on demand.

Por outro lado, a utilização da Inteligência Artificial está também a contribuir para um update geral do valor da experiência streaming. Por exemplo, esta é utilizada para corresponder ao algoritmo dos espetadores e oferecer os conteúdos que estes preferem ver.

O streaming resume-se só à televisão?

A resposta é não. Graças a plataformas como Twitch, YouTube ou até as próprias redes sociais, streamers conseguem criar os seus próprios conteúdos também no mundo gaming.

Neste sentido, em baixo alguns dos exemplos mais procurados pelos utilizadores nestas plataformas:

iGaming

O conteúdo de stream a destacar relativamente ao segmento iGaming é o poker.

Através de plataformas especializadas, o poker ganhou uma nova vida e tem atraído novos utilizadores um pouco por todo o mundo. Um dos canais mais explicativos e procurados sobre poker é o do português André Coimbra, jogador profissional desta modalidade e vencedor da Magic World Championships 2009.

Coimbra, considerado como um dos melhores jogadores da sua geração e um expert em poker online, conta com um canal na plataforma Twitch, onde realiza transmissões em direto de conteúdos relacionados com a modalidade, como se joga, que estilos existem, as melhores estratégias a seguir, etc.

Gameplays e Walkthroughs

Muitos streamers costumam realizar séries de videojogos. Por exemplo, existem aqueles que escolhem um determinado jogo e partilham a sua experiência com os utilizadores.

Um dos criadores de conteúdo que faz muito este género de abordagem é RicFazeres, um dos grandes nomes do YouTube nacional.

Através de rubricas semanais ou até mesmo diárias, disponibiliza episódios sobre um determinado jogo. Um dos exemplos é God of War: Ragnarok, onde conta todos os passos do próprio jogo, comentando situações que vão ocorrendo ao longo da história.

Live Gaming

Ao contrário do exemplo anterior, neste caso os conteúdos são de streamers que jogam ao vivo, preferindo partilhar com a sua comunidade a experiência em tempo real.

Através de chat, também ao vivo, partilham duvidas, ações a realizar, como podem avançar níveis, que estratégias podem seguir, etc.

No fundo, é um tipo de conteúdo imediato e não gravado ou editado.

Com efeito, seja o streaming de conteúdos televisivos, cinema ou gaming, a verdade é que a caixa mágica é agora um smartphone, um tablet ou até mesmo um portátil.

A magia das televisões mudou e transformou-se para acompanhar as tendências tecnológicas. Por outro lado, mostra também que os setores tradicionais conseguem mudar, incluindo o da imprensa, em que se encontra modelos de subscrição digital, para chegar a mais leitores e garantir uma qualidade jornalística elevada.

Isto é uma prova de análise do comportamento do consumidor e entender que a mudança é benéfica e bem-vinda. Caso para dizer, “se não podes vencer, junta-te a eles”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.