O lugar dos Cepos (freguesia de Belazaima do Chão), vistoso e altaneiro sobre as nascentes da ribeira de Belazaima, está desabitado desde há cerca de 20 anos. Tal como se vem repetindo desde 2002, um grupo dos últimos moradores junta-se em comissão voluntária para festejar a padroeira Senhora de Guadalupe, no dia apropriado.

Com esta iniciativa o lugar dos Cepos volta à vida e, no passado dia 6 de Setembro, juntou mais de duas centenas de visitantes, entre ex-residentes, familiares e amigos.

Para chegar aos Cepos é necessário atravessar bons estradões florestais… e nuvens de poeira. Dizia uma descendente de um destes moradores: “…gosto disto, mas levamos tanto pó para casa!…”.”Pois…” respondeu alguém ao lado: “… mas é o pó da nossa terra… levamos uma relíquia.”

 

(toda a história na edição impressa de 10 de Setembro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.